10 filmes para conhecer um pouco mais sobre a Ditadura Militar Brasileira

10 filmes para conhecer um pouco mais sobre a Ditadura Militar Brasileira

Um tema que anda aparecendo muito nas redes sociais ultimamente é a Ditadura Militar Brasileira, e vemos diversas pessoas com opiniões diversas sobre um dos acontecimentos que mais marcaram o nosso país, afinal muitos não estavam presentes naquela época e conhecem somente por testemunhos de pessoas mais velhas ou relatos de reportagens.

Pensando nisso, separamos algumas obras do cinema brasileiro que retrataram de muitas formas diferentes a Ditadura Militar Brasileira. Uma das melhores coisas do cinema é ter acesso a diferentes ângulos de um acontecimento marcante, e nada melhor do que isso nesse momento para um debate saudável entre amigos.

Então, vamos lá.

10 filmes para conhecer um pouco mais sobre a Ditadura Militar Brasileira
O Dia Que Durou 21 Anos
Este documentário mostra a influência do governo dos Estados Unidos no Golpe de Estado no Brasil em 1964. A ação militar que deu início a ditadura contou com a ativa participação de agências como CIA e a própria Casa Branca. Com documentos secretos e gravações originais da época, o filme mostra como os presidentes John F. Kennedy e Lyndon Johnson se organizaram para tirar o presidente João Goulart do poder e apoiar o governo do marechal Humberto Castelo Branco.

10 filmes para conhecer um pouco mais sobre a Ditadura Militar Brasileira
O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias
1970. Mauro (Michel Joelsas) é um garoto mineiro de 12 anos, que adora futebol e jogo de botão. Um dia, sua vida muda completamente, já que seus pais saem de férias de forma inesperada e sem motivo aparente para ele. Na verdade, os pais de Mauro foram obrigados a fugir da perseguição política, tendo que deixá-lo com o avô paterno (Paulo Autran). Porém o avô enfrenta problemas, o que faz com que Mauro tenha que ficar com Shlomo (Germano Haiut), um velho judeu solitário que é vizinho do avô de Mauro.

10 filmes para conhecer um pouco mais sobre a Ditadura Militar Brasileira
Em Busca de Iara
Este documentário relata a trajetória excepcional de Iara Iavelberg. Apesar de ter uma situação financeira confortável, ela decidiu abandonar a família e investir na luta armada durante a ditadura militar. Iara teve uma relação amorosa com o capitão Carlos Lamarca, e morreu em 1971, aos 27 anos de idade.

10 filmes para conhecer um pouco mais sobre a Ditadura Militar Brasileira
Os Dias com Ele
Maria Clara mergulha no passado quase desconhecido de seu pai, Carlos Henrique Escobar. As descobertas e frustrações de acessar a memória de um homem e de um período da história brasileira cheio de lacunas. Ele, um intelectual preso e torturado durante a ditadura militar, não fala sobre isso desde aquele tempo.

10 filmes para conhecer um pouco mais sobre a Ditadura Militar Brasileira
Batismo de Sangue
São Paulo, fim dos anos 60. O convento dos frades dominicanos torna-se uma trincheira de resistência à ditadura militar que governa o Brasil. Movidos por ideais cristãos, os freis Tito (Caio Blat), Betto (Daniel de Oliveira), Oswaldo (Ângelo Antônio), Fernando (Léo Quintão) e Ivo (Odilon Esteves) passam a apoiar o grupo guerrilheiro Ação Libertadora Nacional, comandado por Carlos Marighella (Marku Ribas). Eles logo passam a ser vigiados pela polícia e posteriormente são presos, passando por terríveis torturas.

10 filmes para conhecer um pouco mais sobre a Ditadura Militar Brasileira
O Que é Isso, Companheiro?
O jornalista Fernando (Pedro Cardoso) e seu amigo César (Selton Mello) abraçam a luta armada contra a ditadura militar no final da década de 60. Os dois alistam num grupo guerrilheiro de esquerda. Em uma das ações do grupo militante, César é ferido e capturado pelos militares. Fernando então planeja o sequestro do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Charles Burke Elbrick (Alan Arkin), para negociar a liberdade de César e de outros companheiros presos.

10 filmes para conhecer um pouco mais sobre a Ditadura Militar Brasileira
Hoje
Vera (Denise Fraga) é uma ex-militante política que recebe uma indenização do governo, em decorrência do desaparecimento do marido, vítima da repressão provocada pela ditadura militar. Com o dinheiro ela consegue comprar um apartamento próprio, além de enfim poder ser reconhecida como viúva. Só que, quando está prestes a se mudar, recebe uma visita que altera sua vida.

10 filmes para conhecer um pouco mais sobre a Ditadura Militar Brasileira
Zuzu Angel
Brasil, anos 60. A ditadura militar faz o país mergulhar em um dos momentos mais negros de sua história. Alheia a tudo isto, Zuzu Angel (Patrícia Pillar), uma estilista de modas, fica cada vez mais famosa no Brasil e no exterior. Paralelamente seu filho, Stuart (Daniel de Oliveira), ingressa na luta armada, que combatia as arbitrariedades dos militares. Resumindo: as diferenças ideológicas entre mãe e filho eram profundas. Numa noite Zuzu recebe uma ligação, dizendo Stuart tinha sido preso pelos militares. As forças armadas negam. Pouco tempo depois ela recebe uma carta dizendo que Stuart foi torturado até a morte na aeronáutica. Então ela inicia uma batalha aparentemente simples: localizar o corpo do filho e enterrá-lo. Mas Zuzu vai se tornando uma figura cada vez mais incômoda para a ditadura.

10 filmes para conhecer um pouco mais sobre a Ditadura Militar Brasileira
Pra Frente, Brasil
Em 1970 o Brasil inteiro torce e vibra com a seleção de futebol no México, enquanto prisioneiros políticos são torturados nos porões da ditadura militar e inocentes são vítimas desta violência. Todos estes acontecimentos são vistos pela ótica de uma família quando um dos seus integrantes, um pacato trabalhador da classe média, é confundido com um ativista político e “desaparece”.

10 filmes para conhecer um pouco mais sobre a Ditadura Militar Brasileira
A Memória que Me Contam
A ex-guerrilhera Ana (Simone Spoladore), ícone do movimento de esquerda, é o último elo entre um grupo de amigos que resistiu à ditadura militar no Brasil. Com a iminente morte da amiga, eles se reencontram na sala de espera de um hospital. Entre eles está Irene (Irene Ravache), uma diretora de cinema que sente-se perdida diante da iminente morte da amiga e que precisa ainda lidar com a inesperada prisão de Paolo (Franco Nero), seu marido, acusado de ter matado duas pessoas em um atentado terrorista ocorrido décadas atrás na Itália.

Devoradora de séries, com mais de 100 na grade atualmente. Eterna fã de LOST e apaixonada por ficção científica. Diz a lenda que encara qualquer filme, desde que não tenha nenhum brinquedo assassino envolvido.