Após 162 semanas em cartaz no Brasil, Relatos Selvagens será exibido pela última vez no cinema

Compartilhe

Depois de 162 semanas consecutivas em cartaz, Relatos Selvagens vai sair da programação do Cine Caixa Belas Artes.

O longa do aclamado cineasta argentino Damián Szifron e estrelado por Ricardo Darín está em cartaz no cinema desde 2014. Mas todo ciclo tem seu fim né? E após esses mais de 3 anos no cinema aqui no Brasil, chegou a hora de se despedir das telonas e, para fechar seu ciclo nos cinemas com chave de ouro, o filme será exibido pela última vez em uma sessão especial neste sábado (2/12), às 16h20. Será a última chance do público em São Paulo conferir o longa no cinema.

O longa argentino foi o representante do país na categoria de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar de 2015, Relatos Selvagens foi assistido por 41.156 pessoas ao longo das 162 semanas em cartaz no Cine Caixa Belas Artes.

Ainda mais sobre o filme, ele estreou em 23 de outubro de 2014 nos cinemas e foi o filme de abertura da 38ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

O longa é um espetáculo visual que conta seis sombrias e cômicas histórias de tragédia, amor, decepção, passado e a violência que espreita a superfície do cotidiano. Encontrando-se vulneráveis às mudanças voláteis e imprevisíveis da realidade, os personagens de Relatos Selvagens são empurrados para o abismo e para o prazer inegável de perder o controle, atravessando a linha fina que divide a civilização da brutalidade. O filme é produzido por Hugo Sigman, Pedro Almodóvar e Agustín Almodóvar, com Matías Mosteirin e Esther García Rodriguez atuando como produtores executivos.

O filme já passou algumas vezes nos canais pagos e recentemente na TV aberta, na Rede Globo, mas a experiência de vivenciar essa obra no cinema, é inquestionável e, mesmo se você já viu o filme em algum lugar, seja na tv, no dvd ou por streaming, dá um pulo no Caixa Belas Artes e aproveita a última oportunidade da vida de assistir essa maravilha sentando na poltrona de um cinema.

 

Veja o trailer:

 

Compartilhe

Publicitário, Designer e Crítico de Cinema. É obcecado por monstros gigantes e, talvez, o ser que mais assistiu Breaking Bad neste planeta. Raulseixista desde a infância, hiberna uma vez por ano nos alpes de Itapira, ouvindo 12 horas interrupta do Maluco Beleza