Crítica: Carta Registrada mostra uma depressão profunda vivida sob muita pressão.

Quando a vida de uma mãe de primeira viagem começa a se embaralhar dentro de uma visível depressão pós parto, nada consegue fazer qualquer sentido. Entretanto o aparecimento misterioso de um conjunto de cartas em sua porta, ajuda a dar outro significado a vida da protagonista.

Primeiro longa do diretor egípcio.

Esse é o primeiro longa do diretor egipicio Hisham Saqr, que já quase 10 anos de experiência com cinema fazendo curtas. O enredo é bastante complexo por se tratar de uma vida cheia de problemáticas e questões a serem trabalhadas. Por isso tem muita ação silenciosa, focada em Hala (Basma) que tem que conviver com sua depressão enquanto o mundo exige sua total atenção.


A primeira parte do filme acontece antes do marido de Hala se enrolar com a burocracia existente no banco onde trabalhava. Dali até a metade do filme, já conseguimos notar a mudança da Hala na forma de encarar a vida, já que o apoio que seu marido lhe oferecia ficou comprometido. Mas foi com a chegada das cartas misteriosas que ela consegue se questionar sobre diversos aspectos pessoais.

Interpretação demonstra verdadeira depressão.

O destaque fica para a interpretação de Basma, que segura o perfil da personagem depressiva de Hala, enquanto mostra as mudanças positivas e necessárias impostas pelas diversas circunstâncias da vida. Hala vive perto da família em um prédio simples e tem em sua prima e vizinha uma das suas grandes amigas, mas até as amizades mais profundas podem ficar abaladas quando a vida parece não querer dar uma trégua.
As cenas externas mostram uma cidade do Egito, não conseguimos identificar qual é, mas pela agitação nas ruas, e por não haver faixa de pedestre pode ser a capital Cairo. O diretor teve o cuidado de mostrar como a cidade é barulhenta e como o silêncio em casa é algo muito valorizado.

Ausência de Trilha Sonora em Carta Registrada aumenta a pressão.

A ausência de uma trilha sonora mais profunda aumenta ainda mais a introspecção da personagem. Mas quando a primeira carta misteriosa chega na sua porta podemos notar o destaque no efeito sonoro para que o expectador preste muita atenção nesse novo elemento importante da narrativa. E sempre que nova carta surge, o mesmo efeito sonoro é utilizado, porém com menor intensidade.

O filme foi exibido na 43ª Mostra de Cinema Internacional de São Paulo, e estreou nos cinemas brasileiros no dia 19 de dezembro de 2019.

Avaliação do Cinéfilos Anônimos
Avaliação dos Visitantes do site
[Total: 0 Média: 0]

Professor de exatas e músico baterista, sempre trabalhou com tecnologia como desenvolvedor. Leitor de quadrinhos de heróis e livros de ficção. Como fã da série Star Trek absorveu a lógica do Sr Spock e muito do comportamento social presente nos capitães das naves da Federação. Vida e longa e próspera a todos.