Crítica | Vice traz uma biografia bem humorada de Dick Cheney.

Cristian Bale interpreta Dick Cheney, que foi o Vice Presidente de George W Bush e um dos políticos mais influentes dos Estados Unidos desde quando ele era Chefe de Gabinete da Casa Branca na era do Presidente Gerald Ford nos anos 1970. Sua trajetória nunca lhe permitiu concorrer a cargos de presidência dos Estados Unidos. Entretanto sua influência política lhe permitiu ser muito requisitado quando se precisava de tomar decisões delicadas em tempos de guerra.

O filme é uma narrativa muito humorada e criativa da trajetória política desse ícone da história norte americana. Trazendo várias cenas que misturam a vida real com possíveis delírios de narrador.

Vice centro2_CA

Roteiro criativo e direção impecável tornará Vice inesquecível.

A direção e o roteiro são de Adam McKay, e não decepcionaram em nada. É muito interessante a forma como os diálogos são apresentados. Em várias cenas, a imagem de quem fala é substituída por uma expressão facial indicando a verdadeira intenção da frase. Como se alguém falasse sobre uma tragédia tensa para outra pessoa, mas no fundo ela estivesse gostando do que tinha acabado de dizer, então enquanto o discurso triste estava ocorrendo, uma imagem do ator aparecia sorrindo, mostrando o verdadeiro sentimento do personagem naquela situação. Isso não é simples de ser feito, e pode detonar a narrativa se não for bem orquestrada.

Além de ser um exímio diretor de diálogos, certamente Adam Mckay consegue confundir até o mais antenado na história. Pois usa liberdade poética em cenas que nada tem a ver com a realidade, mas que poderiam perfeitamente acontecer naquele cenário político.

Vice imagemCentro_Ca

Cuidados com a biografia de uma personalidade política.

Para se fazer uma biografia alguns cuidados adicionais são necessários para não entrarem em temas delicados. Mas em Vice, todos os temas mais polêmicos da vida de Dick Cheney foram bem trabalhados. De tal forma que reforçaram o seu bom humor e seu lado familiar que sempre estiveram acima de sua carreira. Seu relacionamento com a Lynne Cheney (Amy Adams) com quem está casado desde 1964 e tiveram duas filhas mostra como uma parceria de vida é muito importante em qualquer carreira. Quando se trata de uma carreira política a participação da família é fundamental para aumentar o número de eleitores, entretanto ela pode se tornar um prato cheio para a oposição.

Vice oscar2019_CA

A lista de indicados ao Oscar 2019 já saiu e não é por menos que VICE está concorrendo a oito estatuetas. Entre elas Cristian Bale concorre a melhor ator, Amy Adams concorre a melhor atriz coadjuvante, mas é o diretor Adam McKay que poderá ver o seu roteiro e sua obra levarem ainda mais estatuetas pra casa. Veja a lista completa do Oscar.

 

Trailer:

 

Avaliação do Cinéfilos Anônimos
Avaliação dos Visitantes do site
[Total: 1 Média: 5]

Professor de exatas e músico baterista, sempre trabalhou com tecnologia como desenvolvedor. Leitor de quadrinhos de heróis e livros de ficção. Como fã da série Star Trek absorveu a lógica do Sr Spock e muito do comportamento social presente nos capitães das naves da Federação. Vida e longa e próspera a todos.