GÓRGONA | Entrevista com os diretores Fábio Furtado e Pedro Jezler

Compartilhe

O Cinéfilos Anônimos entrevistou os estreantes diretores Fábio Furtado e Pedro Jezler, de Górgona, documentário sobre a atriz Maria Alice Vergueiro.

O documentário Górgona focaliza os bastidores de uma peça e a personalidade da atriz, o filme desvia do caminho óbvio de uma cinebiografia, não há entrevistas ou imagens de arquivos, tudo que é mostrado são registros do dia-a-dia dos bastidores da peça “As Três Velhas”, do chileno Alejandro Jodorowsky, como ensaios, camarins, conversas informais de todos que estão envolvidos com o espetáculo que é dirigido e protagonizado por Maria Alice, que convive desde 2001 com o Mal de Parkinson.

 

Confira a entrevista com os diretores:

 

Matérias relacionadas:

Crítica: Górgona, Maria Alice Vergueiro resiste e mostra seu instinto de fera

 

Compartilhe

Publicitário, Designer e Crítico de Cinema. É obcecado por monstros gigantes e, talvez, o ser que mais assistiu Breaking Bad neste planeta. Raulseixista desde a infância, hiberna uma vez por ano nos alpes de Itapira, ouvindo 12 horas interrupta do Maluco Beleza