Para Todos Os Garotos Que Já Amei é a comédia romântica mais fofa do ano

Resenha | Para Todos Os Garotos Que Já Amei é a comédia romântica mais fofa do ano

Compartilhe

A Netflix tem acertado em suas produções originais e mais uma prova desse sucesso é o mais recente “queridinho” do público, Para Todos Os Garotos Que Já Amei. A comédia romântica chega com a fórmula antiga utilizada em filmes do gênero que conquistaram os cinemas nos anos 80 e, com muito bom humor consegue nos entregar uma história que quebra qualquer romântico incurável.

O filme acerta em todos os pontos possíveis, temos uma protagonista extremamente agradável e que muitas mulheres e meninas conseguem se ver em sua insegurança e sonhos com romances. Temos o “bad boy” perfeito que tem sua verdadeira índole revelada ao público no tempo certo. Temos o amigo carismático que todos já tivemos, com aquele apoio maravilhoso de falar verdades quando não queremos ouvi-las e para melhorar ainda mais temos uma família que vai além da fofura com um pai viúvo criando três filhas no mundo moderno de hoje.

Posso afirmar que Para Todos Os Garotos Que Já Amei é a comédia romântica perfeita para se ver em família, com o namorado(a), com os amigos ou até mesmo sozinho. O filme é super leve, a história desenrola de uma maneira que você nem vê o tempo passar e a única coisa que nos traz, são sorrisos bobos e aquela torcida para que nossa protagonista enxergue o mundo de uma forma mais realista e consiga conquistar o tão sonhado namorado, que não é muito difícil torcer para o lado dele aqui, inclusive.

Para Todos Os Garotos Que Já Amei é a comédia romântica mais fofa do ano

Outro acerto do filme foi o de usar uma protagonista fora daquela bolha de “feia” em que muitas comédias tentam usar. Lara Jean é uma menina bonita, inteligente e com uma personalidade ótima, ela pode passar por dificuldades assim como todos nós, mas não é nada mais do que uma pessoa normal com defeitos e qualidades. O galã aqui também não é nenhum loiro dos olhos azuis, musculoso e cheio de marra. Ele é um cara normal que recebe um título da sociedade mas por dentro é uma pessoa boa. A mistura perfeita para acreditar no amor.

Com tantas características boas, é impossível não ter um ótimo tempo ao ver a loucura de Laura Jean ao ter suas cartas espalhadas. Passamos pelo desespero, pelos sonhos, pelo medo e pela alegria com a personagem em todos os momentos. É claro que não esperamos uma obra prima de filmes desse gênero e com um elenco “adolescente”, mas com certeza você pode ter uma bela surpresa com essa comédia romântica e sair sorrindo mais do que pensava que iria no final das contas.

 

 

Avaliação do Cinéfilos Anônimos
Avaliação dos Visitantes do site
[Total: 1 Média: 4]

CONTEÚDO RELACIONADOS

Compartilhe

Devoradora de séries, com mais de 100 na grade atualmente. Eterna fã de LOST e apaixonada por ficção científica. Diz a lenda que encara qualquer filme, desde que não tenha nenhum brinquedo assassino envolvido.