Porque na vida, ou você é o BoJack ou conhece um

 

Se identificar com um cavalo que fala, rico e famoso pode soar improvável?

Não se você conhece Bojack Horseman..


Série original da Netflix volta nesta sexta-feira, dia 8, e se você não conhece, listamos aqui alguns motivos pra você começar a ver agora mesmo!

 

8 – Humor ácido

Esta não é o tipo de série que você assiste apenas pra dar risada. O propósito aqui (embora o riso venha) é outro. E olha, devo avisar que não é de primeira que você vai ser conquistado, demora alguns episódios pra série chegar no seu tom, mas chega, e chega com tudo.

7 – Cores

Os tons pastéis são só amor. É muito legal ver a fotografia de uma animação assim, é mais do que só uma parte técnica, é atrativo e delicado e conversa com o universo doido do desenho.

6 – Abertura

BACK IN THE 90’S I WAS IN A VERY FAMOUS TV SHOOOOOOOOWWWWWWWWW ♪ ♫ ♪
Essa abertura é maravilhosa e tem um plano sequência deslumbrante, a música é composta pela banda Grouplove (que também faz parte da trilha sonora de The Fault In Our Stars). O amor é tanto que existe uma versão dela em looping de 1 hora no youtube, criada por fãs. VOCÊ QUER HIT? @BILLBOARD

5 – Cultura Pop

A série é um prato cheio em fazer referências, seja com personagens fictícios como a cantora pop Sextina Aquafina ou o ressuscitamento do escritor J. D. Salinger. Isso é uma característica tão grande, que Bojack tem seu próprio instagram na vida real (onde essas imagens acima fora tiradas)

4 – Universo

Bojack não é o único animal meio gente, a série constrói todo um universo dessa forma e da maneira mais criativa possível.

3 – Personagens carismáticos

Sabe quando você gosta muito de assistir algo, mas tem um personagem tão irritante que te faz desistir? Pois então… ISSO NÃO ACONTECE AQUI! Diane, Princess Carolyn, Mr. Peanutbutter, Toody.. Todos têm um jeitinho único, é impossível escolher um coadjuvante favorito.

2 – Diálogos

A imagem é autoexplicativa, né? Você quer diálogo bom? ENTÃO TOMA

1 – Bojack e o niilismo

O protagonista leva o jeito pessimista de encarar a vida. As reflexões são intensas e é dai que vem o grande sucesso da série. Ter um personagem egoísta, depressivo e viciado em drogas ilícitas é uma escolha arriscada, mas com um roteiro bem trabalhado tudo o que a gente sente aqui é empatia. Mesmo não sendo um exemplo, torcemos o tempo todo por Bojack e, como todo ser vivo, ele é falho. É impossível não ter uma conexão com esta animação, que acerta na dosagem dos sentimentos humanos mais que muito filme com um elenco “real”.

 

Avaliação do Cinéfilos Anônimos
Avaliação dos Visitantes do site
[Total: 60 Média: 3.6]

Estudou produção audiovisual e fotografia. O pai era um tira e a mãe uma hippie. É obcecada por paletas de cores e assiste qualquer filme se tiver a Amy Adams no elenco. É um vyado com y e a maior fã de pagode anos 90 desse brasil.